Loreena McKennitt - Dante's Prayer

quarta-feira, abril 26, 2006

Olhar da Imprensa - 25 de Abril de 1974



Primeira página do jornal República
Reparem no texto em rodapé

Sugiro a visita ao site da Hemeroteca Digital, onde encontrarão relatos de outros jornais dessa época, bem como vários temas relacionados com a nossa História recente.

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


terça-feira, abril 25, 2006

E Depois do Adeus

Às 22h55 de 24 de Abril de 1974, através dos "Emissores Associados de Lisboa", João Paulo Diniz coloca no ar, a partir dos estúdios do Rádio Clube Português, a canção "E Depois do Adeus", de Paulo de Carvalho - que vencera a edição de 1974 do Festival RTP da Canção, realizado poucas semanas antes -, a "senha" de início da Revolução:

Faltam cinco minutos para as vinte e três horas. Convosco, Paulo de Carvalho com o Eurofestival 74, ‘E Depois do Adeus ”.


O processo é colocado em marcha!

In
Memória Virtual



Trinta e dois anos depois, aqui estamos com os encantos e desencantos dos nossos Sonhos.

Penso, que nós, os que nunca se renderam, nem venderam, sem quaisquer laivos de paternalismo ou saudosismo, deveríamos tentar recordar aos nossos Filhos e transmitir aos nossos Netos, as razões que nos motivaram a Lutar.

O porquê, “E Depois do Adeus”, entoámos a “Grândola Vila Morena”.

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


sexta-feira, abril 21, 2006

Oiçam como eu respiro

Da obra de Dário Fo, estreada em Portugal em 25 de Maio de 1982, no Teatro Aberto, em Lisboa, de que destaco a encenação de João Lourenço e a interpretação de Irene Cruz, Carmem Santos e Melim Teixeira, apropriei-me do seu título para escrever este pequeno texto.

Esta tem sido para mim uma Primavera de colorações Outonais e de sentidos pulsares de um Inverno tempestuoso.

Os nossos desempenhos fisiológicos por vezes pregam-nos partidas sobrepondo-se à força anímica com que costumamos enfrentar os mais variados tipos de situações.

Pois é, caros/as Amigos/as, as passadas ofegantes que por vezes afectam o nosso caminhar são terríveis e ainda que apelemos a toda a nossa impedância neurónica, por vezes sentimo-nos impotentes para superar a amarga realidade das descompensações fisiológicas.

Isto reflecte-se no nosso dia-a-dia, votando ao abandono as coisas que nos apraz fazer, como por exemplo: escrevinhar.

Respirar é viver. Ainda que muitas vezes inalemos substancias que conspurcam o nosso corpo e a nossa mente.

Quero continuar a compartilhar convosco o meu respirar. Espero voltar em breve e a “plenos pulmões”...

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


domingo, abril 16, 2006

Amêndoas Amargas - 2006


Nestes dias que passaram, designados pela Igreja Católica Apostólica Romana, como Quaresma, recebi, tal como vocês, simpáticos votos de Páscoa Feliz.

De um modo geral, o meu silêncio, foi a melhor resposta que encontrei para tão gentis gestos.

Embora compreenda perfeitamente as intenções sinceras dos meus Amigos, agradeço-as, retribuindo-lhes com os desejos de que arranjem força suficiente para enfrentarem os mais variados escolhos da Vida que se lhes deparam e que nunca cruzem os braços perante quaisquer adversidades.

As amêndoas deglutidas por muitos trabalhadores portugueses foram aquelas que lhes ofereceram os donos ou gestores das empresas onde trabalham ou trabalhavam, embaladas pela hipocrisia criminosa de quem não tem problema algum de lançar milhares e milhares de pessoas na vala comum do desemprego, à custa do encerramento fraudulento dessas empresas, descapitalizando-as, transferindo o capital para as suas luxuosas mansões e bens moveis de alta gama, ou pura e simplesmente, pela calada da noite, como bandidos de alto coturno, desmontarem máquinas e demais equipamentos para os exportarem para países onde obterão mais valias graças à exploração dos respectivos trabalhadores nativos e os nossos governantes, azuis, laranjas ou rosas, usando todos eles, o mesmo discurso circunstancial, “vão lavando as mãos, como o Pilatos bíblico”, compactuando por mérito próprio ou por defeito, com os abutres sem escrúpulos, gestores ou detentores do Capital.

Isto só tem um nome: ROUBO. E que eu saiba, qualquer tipo de roubo, seja ele por esticão, arrombamento, etc. é crime. Se, pela calada da noite se retiram máquinas, se durante o dia se fazem transferências das contas das empresas para contas pessoais, se os capitais das empresas vão parar a paraísos fiscais, etc., etc., etc., então estamos perante um ROUBO colectivo que afecta milhares de pessoas singulares e uma entidade, que se designa por ESTADO.

Houve-se muito falar de Associações Criminosas. Parece que está chegado o momento das pessoas de bem exigirem dos seus representantes que elegeram, uma profunda revisão do Código Penal.

As amêndoas podem ter sido e continuam a ser, muito doces para alguns. Mas para milhares e milhares de trabalhadores, cujo único crime que cometeram foi o de trabalhar, têm o sabor do fel vertido por criminosos sem escrúpulos.

Para bom entendedor…



Nota: Este texto já tinha sido publicado no passado ano. A única alteração está no titulo, onde acrescentei 2006.

Tomei esta decisão por considerar que, infelizmente, mantém-se exactamente ou pior, a situação que me motivou a escrever este texto em 2005.


Comentários Alternativos - Haloscan:

|


quinta-feira, abril 13, 2006

Um ano e nove meses na Blogosfera

Hoje completa-se o vigésimo primeiro mês do início da actividade deste blog.

Este último mês foi marcado pela realização de mais um Encontro da Irmandade Blogueira, que teve lugar em Lisboa, no passado dia 25 de Março, no Restaurante da Associação 25 de Abril.

Devido a problemas de diversa natureza, particularmente, o que está referido no post anterior, não me foi possível realizar o habitual trabalho de reportagem do citado Evento.

Aproveito, para mais uma vez agradecer a todos/as os/as Amigos/as, todas as suas preocupações e manifestações solidarias, para comigo.

Espero retomar o mais breve possível a minha actividade normal de intervenção escrita.

Bem Hajam.

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


sábado, abril 08, 2006

PAULA


Minha querida Afilhada da blogosfera.

É para ti este meu texto de retorno, após mais de duas semanas de silêncio, provocado por mais uma crise cardio-respiratória que me afectou.

A crise ainda não está debelada, mas entendi que devia de arranjar um pouco de disposição para escrever este pequeno texto e manifestar-te aqui publicamente a minha gratidão pela solidariedade e carinho demonstrados, a tal ponto que privaste os teus leitores, especialmente, da tua sensível e maravilhosa Poesia.

Obrigado, querida Paula, pela tua preocupação diária acerca da evolução do meu estado de saúde e
pelas carinhosas palavras com que me presenteaste no passado dia dois, no teu blog AS ROMÃS DE PAULA.

Mas eu quero que retomes a tua escrita e como tal, faço-te daqui um apelo para dares curso à riqueza das tuas palavras.

Agora, querida Paulinha, permite-me que use este pequeno texto, que te dediquei, para agradecer a todos os Amigos e a todas as Amigas, a sua preocupação e solidariedade, expressas nomeadamente através de contactos telefónicos, sms e e-mails.

A todos/as o meu bem-hajam e a promessa de que tentarei escrevinhar qualquer coisa, mesmo durante esta fase menos boa que estou a atravessar.

Paulinha, mostra o brilho das tuas Romãs.

Escreve!


Comentários Alternativos - Haloscan:

|


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

* Apelo para a Humanidade *

* Lista de Subscritores *



Contacta-me:
contacta-me
Fala comigo:
hotmail

Visitantes desde
13/07/2004:

web stats
Blogarama - The Blog Directory

Arquivos
  • Julho 2004
  • Agosto 2004
  • Setembro 2004
  • Outubro 2004
  • Novembro 2004
  • Dezembro 2004
  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006

  • Entradas Recentes
  • FERNANDO ...Uma homenagem No dia 24 de Junho, um ...
  • ... (continua) Colocado por Fernando B. 21.05.200...
  • Os três Pastorinhos (II)
  • Os três Pastorinhos (I)
  • Um ano e dez meses na Blogosfera
  • Eles lá sabem porquê…
  • Até sempre, Companheiro Vasco
  • VIVA O PRIMEIRO DE MAIO!
  • Olhar da Imprensa - 25 de Abril de 1974
  • E Depois do Adeus
  • Sugestão de Visitas

  • Notícias da Amadora
  • Voz das Beiras
  • Voz das Beiras - Blogs
  • Este Blog apoia esta campanha
  • Associação Animal
  • INTERVALO - GRUPO DE TEATRO
  • Os Sítios do Arco-da-Velha
  • PobrezaZero
  • Associação Gaita de Foles
  • Registe o seu e-mail para ser avisado
    dos mais recentes textos deste Blog



    powered by Bloglet


    Linkar este Blog?
    Fraternidade

    Se deseja linkar este blog com esta imagem por favor copie este código




    O meu Amigo muito especial


    Image hosted by Photobucket.com

    Também escrevo aqui:


    Redescobrir
    Joy Division

    15,00 Euros
    Para encomendar clica na imagem

  • Mundo Bizarro

  • Estúdio de Dança

  • Castelo de Thor
  • O Portal da História
  • Round Table
  • Cancro da Mama


  • Free Photo Albums from Bravenet.com
    Free Photo Albums from Bravenet.com

    Estou no Blog.com.pt

    Fases da Lua
     

    velocimetro


    More blogs about lusomerlin.blogspot.com

    eXTReMe Tracker

    Are you talkin' to me?

    BlogRating