Loreena McKennitt - Dante's Prayer

segunda-feira, fevereiro 06, 2006

Sexualidade silenciosa

“A primeira vez foi horrível. Senti me escabrosa. A dor foi indescritível. Pungente. Mas também qual é a mãe que imagina um dia vir a masturbar o seu próprio filho, não é?"

Chocante? Talvez, mas só para quem se limita a ler ou a ouvir apressadamente e não se dá ao trabalho de pensar no porquê das coisas.

O primeiro parágrafo é uma citação do início de um artigo de duas páginas publicado na edição do passado sábado no
Diário de Noticias (DN).

Esta Mãe de um deficiente profundo, actualmente com 20 anos de idade pensou, pesou as consequências e tomou uma decisão.

Quem não raciocina ou está imbuído por certos valores morais, principalmente incutidos por algumas religiões, apressar-se-á a catalogar este procedimento como uma manifestação incestuosa.

Os deficientes, mais ou menos profundos, têm manifestações inatas que não podem nem devem ser escamoteadas. É o caso da libido, que segundo Freud nos ensina na sua teoria da sexualidade, “
há sinais desta logo no início da vida extra uterina, constituindo a libido”.

Outro dos casos referidos no citado artigo do DN é o de um jovem de 28 anos portador da síndrome de Down, vulgo mongolismo. Segundo o Pai, este jovem “começou a masturbar-se em público e a falar obsessivamente de sexo…” Pacientemente, o Pai, ensinou-lhe que “ele podia tocar-se desde que o fizesse na intimidade”. Depois contratou uma prostituta para “ele experimentar uma relação sexual”.

Para os falsos puritanos, tratar-se-á de mais uma imoralidade. Este Pai é dos que raciocinam, também pensou e agiu. Ainda que não aceitemos a prostituição, mas como infelizmente esta é uma realidade presente, este Pai, certamente saltando por cima dos seus valores, decidiu que o aliviar do sofrimento interno do seu Filho justificava a sua decisão.

Após estes e outros exemplos, a peça do DN prossegue com opiniões de profissionais da área da saúde, nomeadamente da psiquiatria e psicologia, bem como de progenitores com funções de direcção em Associações de protecção e defesa de pessoas com deficiências psico-motoras. Aqui realço dois casos: “a contracepção definitiva ou cirúrgica” e o direito que um casal de deficientes tem de ser feliz, fazendo uma vida em comum.

A contracepção, embora com algumas lacunas está prevista na lei portuguesa. Podem faze-lo pessoas com mais de 25 anos de idade. Quanto a este aspecto penso que a Lei só contempla os indivíduos em pleno uso das suas faculdades mentais. Assim sendo, como vão os progenitores ou qualquer outra pessoa que os acolha, proceder com doentes portadores das referidas patologias?

Penso que os progenitores ou as pessoas responsáveis por esses doentes, deverão em conjunto com os médicos, tomar as decisões mais acertadas. E estas não deverão esperar pelo completar dos 25 anos, embora, como disse atrás, ter entendido que a Lei só contempla as pessoas em pleno uso das suas faculdades mentais. A ser assim, os responsáveis por estes doentes, logo que detectem nos seus comportamentos a agitação e a angústia provocada pelas suas pulsões sexuais devem agir de imediato recorrendo a clínicos da especialidade.

No que respeita à vida em comum de dois Seres com este tipo de deficiências estou inteiramente de acordo, salvaguardando o aspecto da procriação, longe de qualquer conceito hitleriano de produção de seres perfeitos, mas evitando a concepção de novos Seres que herdarão o código genético dos seus progenitores. E isto passará por uma atenção cuidada dos diversos intervenientes no acompanhamento desses casais.

Todo o Ser Humano, independentemente dos seus desempenhos psíquicos ou físicos tem direito a uma qualidade de vida que lhe proporcione ou tente proporcionar, um bem-estar que lhe minore o seu sofrimento e as suas angústias.

A sexualidade silenciosa é uma realidade protagonizada por muitos Seres Humanos que, ao invés de ser ignorada ou marginalizada, deve ser seriamente encarada pelas pessoas ditas normais, de modo a proporcionarmos a esses Seres, a possibilidade de, pelo menos, não se sentirem tão infelizes.

Porque eles sofrem, cabe-nos a nós, minorar o seu sofrimento.

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


Comments:
Desde 6 de Fevereiro que não escreves, passa-se alguma cousa?
Tenho um novo blog, fica aqui o endereço.
A história que aqui contas faz lembrar um filme que vi há muitos anos e que se chamava "La Luna". Viste?
Beijinhos
 
Nem sempre tocar num pénis dum filho é masturbação. Eu evitei que o meu filho mais velho fosse operado, pois tinha a glande estrangulada, e o médico disse-me que se até ele ter 1 ano, no banho, todos os dias lhe afastasse a pele poderia evitar a operação. Assim foi! Mas para as mentes mais perversas talvez fosse pedófilia!
Um abraço
teresa David
 
Muita coragem e frontalidade. Gostei do blog e este artigo é excepcional, pois denuncia situações que a maioria prefere ignorar. Muitas vezes ao ouvir as descrições de casos semelhantes me perguntei o que faria num caso como este e acho que eu faria o mesmo que esta mãe fez e fará, por amor ao filho.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

* Apelo para a Humanidade *

* Lista de Subscritores *



Contacta-me:
contacta-me
Fala comigo:
hotmail

Visitantes desde
13/07/2004:

web stats
Blogarama - The Blog Directory

Arquivos
  • Julho 2004
  • Agosto 2004
  • Setembro 2004
  • Outubro 2004
  • Novembro 2004
  • Dezembro 2004
  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006

  • Entradas Recentes
  • Ser Solidário
  • Textos sobre o nosso Encontro
  • Encontro de 28 de Janeiro de 2006 - II
  • Encontro de 28 de Janeiro de 2006 - I
  • Jantar com MOZART
  • Encontro do próximo sábado
  • Laranja Amarga
  • Voto, a Arma do Povo
  • Fénix dos Poetas mortos
  • O fumo, o fogo e o regabofe
  • Sugestão de Visitas

  • Notícias da Amadora
  • Voz das Beiras
  • Voz das Beiras - Blogs
  • Este Blog apoia esta campanha
  • Associação Animal
  • INTERVALO - GRUPO DE TEATRO
  • Os Sítios do Arco-da-Velha
  • PobrezaZero
  • Associação Gaita de Foles
  • Registe o seu e-mail para ser avisado
    dos mais recentes textos deste Blog



    powered by Bloglet


    Linkar este Blog?
    Fraternidade

    Se deseja linkar este blog com esta imagem por favor copie este código




    O meu Amigo muito especial


    Image hosted by Photobucket.com

    Também escrevo aqui:


    Redescobrir
    Joy Division

    15,00 Euros
    Para encomendar clica na imagem

  • Mundo Bizarro

  • Estúdio de Dança

  • Castelo de Thor
  • O Portal da História
  • Round Table
  • Cancro da Mama


  • Free Photo Albums from Bravenet.com
    Free Photo Albums from Bravenet.com

    Estou no Blog.com.pt

    Fases da Lua
     

    velocimetro


    More blogs about lusomerlin.blogspot.com

    eXTReMe Tracker

    Are you talkin' to me?

    BlogRating