Loreena McKennitt - Dante's Prayer

segunda-feira, dezembro 05, 2005

Corredores da Morte


Kenneth Boyd

Este é o rosto do milésimo condenado à morte, desde 1976, executado na passada madrugada de sexta-feira, dia 2, no estado da Carolina do Norte, USA. Naquele ano foi reintroduzida a pena de morte nos Estados Unidos, país que se arvora em defensor das mais amplas liberdades e dos direitos humanos.

É certo que não são só os USA que usam e abusam da mais cruel violação dos Direitos Humanos, ainda que a maioria dos executados sejam criminosos confessos, punem-se os seus crimes com outros crimes de cariz legal, assassinando os criminosos.

E quantas pessoas, principalmente nos USA, foram executadas/assassinadas, estando inocentes? Sendo muitos destes assassínios de pendor legalista hipocritamente lamentados ulteriormente pelos carrascos mandantes.

E as execuções/assassinatos por razões politicas ou religiosas?

Cometem-se este tipo de crimes nos cinco continentes, muitas vezes fazendo deles um reles espectáculo mediático.

Cadeira eléctrica; câmara de gás; forca; injecção letal; fuzilamento; guilhotina; garrote; lapidação; etc., etc., etc. Talvez com excepção da guilhotina e do garrote, usados em França e na nossa vizinha Espanha até há poucos anos, todos os outros instrumentos de morte ainda funcionam por todo o Mundo. Até quando?

Recordo-me, de aqui há uns anos, ter visto na televisão, imagens, de um ocidental condenado à morte por enforcamento num país asiático, por tráfico de droga, caminhando para o edifício onde se procedeu à sua execução. Antes de transpor o portão, esse jovem, lançou um derradeiro olhar para o céu. Atrás, seguia um esquife tosco de madeira. Degradante!

Ao punirem crimes de sangue e não só, com a morte, os Estados e as suas Instituições cometem vis atentados à dignidade humana. São de igual modo assassinatos com cobertura legal.

Dizem, por exemplo, que a maioria da população dos Estados Unidos é a favor da pena de morte. Hitler também arrastou multidões que aplaudiam a barbárie. Faço-me entender?

É evidente que todos os criminosos devem ser castigados exemplarmente. Mas não através de outro crime em nome de uma qualquer Lei, como é o caso de uma sentença de morte. Conforme a sua gravidade, a pena a aplicar a um criminoso em termos de privação da liberdade deve ter em linha de conta o delito cometido. Obrigando-o, durante o cumprimento da pena, a trabalhar para a Sociedade. Isto a par de uma permanente vigilância dos seus comportamentos e acompanhamento em termos de uma futura reinserção social. Uma prisão não deve ser um campo de concentração, assim como não deve ser encarada pela sua população como um campo de férias fechado. Ao dizer isto estou a pensar concretamente em pessoas implicadas em crimes de sangue, tráfico de droga, estupro, pedofilia, enfim, crimes de maior gravidade.

É compreensível que no desespero, perante uma situação em que matam ou violam um ente querido, muitas pessoas fiquem totalmente descontroladas e por vezes façam justiça pelas próprias mãos. Olho por olho, dente por dente. Será um crime com a atenuante da dor sofrida. Mas, se essas pessoas, passados os anos de reclusão do criminoso fazem esse tipo de justiça, estamos perante um crime premeditado.

Kenneth Boyd foi condenado em 1994 pelo assassínio, seis anos antes, da sua mulher e do seu sogro. Esteve onze anos no chamado corredor da morte à espera de algum Juiz de qualquer outra instância que lhe comutasse a pena, presumivelmente para prisão perpétua. O último recurso foi para o governador do estado. Em vão. De nada valeram os inúmeros pedidos de clemência de organizações de defesa dos Direitos Humanos e outras. Certamente isso significaria perca de votos para o governador da Carolina do Norte. Assim, no conforto do seu gabinete recusou a clemência e confirmou o assassinato de um criminoso.

Kenneth esteve 11 anos à espera da morte, mas como sabem, tem havido casos de esperas muito superiores, como o foi o caso do tristemente célebre Caril Chessman.

Isto não é Justiça, é terrorismo de estado puro. Os dirigentes norte-americanos, através do tempo, têm as mãos manchadas de sangue, pela barbárie que cometeram e cometem, directamente, ou incentivada contra outros povos. Fazem-no de igual modo internamente, aprovando e aplicando Leis como a Pena de Morte. Isto em termos legais. Porque, como também sabemos, nos USA são pratica corrente o assassinato selectivo, como é o caso de pessoas incómodas para o sistema, eliminadas a mando dos altos dignitários da nação.

É evidente, como referido atrás, que estas situações não se verificam só nos Estados Unidos. Infelizmente elas estão disseminadas por todos os continentes. Mas os USA que hipocritamente se arrogam como lídimos defensores dos valores Cristãos e da Democracia, têm, quanto a mim, a maior quota de responsabilidade nas atrocidades cometidas em todo o planeta, não só esmagando a independência e a dignidade de outros Povos, como também, fomentando e apoiando, a ascensão e a manutenção de sanguinários ditadores, enquanto fiéis servidores do seu terrorismo capitalista.

Em nome da dignidade Humana todos devemos lutar pela Vida. Denunciando e combatendo todos os tartufos da Humanidade.

Não à Pena de Morte!

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


Comments:
Não à pena de morte, seja onde e como for! beijos
 
Estou em plena sintonia com a Wind. Não à pena de morte seja em q circunstncia for.
Beijos
 
A verdadeira democracia mata-se a si própria porque permite a existência das minorias que a tentam preverter.

A verdadeira democracia, não mata nem tortura ditadores nem terroristas, mas os terroristas e os ditadores matam e torturam democratas.

O ser humano é o pior dos virús criados pela natureza: tanto pode construir algo elevado que o transcende como pode ser o seu maior predador.

Beijos fraternos e obrigada pelo excelente texto Fernando.
Noel
 
meu querido amigo, não me manifesto a esse respeito, tenho um irmão com 23 anos de baixo da terra e nem o assassino teve pena de prisão, porque o que é dito na judiciária é negado em juizo e assim isto é uma brincadeira. Por esse motivo prefiro deixar essa parte em branco. beijinhos
 
O teu texto está óptimo. E onde está a Justiça a funcionar justamente, com a prisão como um castigo, obrigando a um trabalho para o bem da comunidade??!! Existe?! Sou contra a pena de morte. Beijinhos para ti
 
Em absoluto, NÂO À PENA DE MORTE!
Um texto muitissimo bem escrito, e com imensa verdade.
Um abraço com amizade e o meu sorriso triste por constactar que "os Homens" ainda continuam a não saber o significado da palavra AMAR. :(
 
Fernando não tens escrito! tá tudo bem?. Beijinhos
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

* Apelo para a Humanidade *

* Lista de Subscritores *



Contacta-me:
contacta-me
Fala comigo:
hotmail

Visitantes desde
13/07/2004:

web stats
Blogarama - The Blog Directory

Arquivos
  • Julho 2004
  • Agosto 2004
  • Setembro 2004
  • Outubro 2004
  • Novembro 2004
  • Dezembro 2004
  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006

  • Entradas Recentes
  • Lares ou Campos de Concentração?
  • Jogos de Morte
  • A Percepção
  • Retrato do Desejado
  • Um ano e quatro meses na Blogosfera
  • O Silêncio
  • Rapsódia Vegetariana
  • Multi-usos
  • AUTISMO - o Inato e o Adquirido
  • Do Alto da Minha Janela
  • Sugestão de Visitas

  • Notícias da Amadora
  • Voz das Beiras
  • Voz das Beiras - Blogs
  • Este Blog apoia esta campanha
  • Associação Animal
  • INTERVALO - GRUPO DE TEATRO
  • Os Sítios do Arco-da-Velha
  • PobrezaZero
  • Associação Gaita de Foles
  • Registe o seu e-mail para ser avisado
    dos mais recentes textos deste Blog



    powered by Bloglet


    Linkar este Blog?
    Fraternidade

    Se deseja linkar este blog com esta imagem por favor copie este código




    O meu Amigo muito especial


    Image hosted by Photobucket.com

    Também escrevo aqui:


    Redescobrir
    Joy Division

    15,00 Euros
    Para encomendar clica na imagem

  • Mundo Bizarro

  • Estúdio de Dança

  • Castelo de Thor
  • O Portal da História
  • Round Table
  • Cancro da Mama


  • Free Photo Albums from Bravenet.com
    Free Photo Albums from Bravenet.com

    Estou no Blog.com.pt

    Fases da Lua
     

    velocimetro


    More blogs about lusomerlin.blogspot.com

    eXTReMe Tracker

    Are you talkin' to me?

    BlogRating