Loreena McKennitt - Dante's Prayer

terça-feira, novembro 30, 2004

Nado-mortos


R.I.P.
R.I.P.


Comentários Alternativos - Haloscan:

|


domingo, novembro 28, 2004

Vermelho


A cor do meu batuque
Tem o toque, tem o som da minha voz
Vermelho, vermelhaço
Vermelhusco, vermelhante, vermelhão

O velho comunista se aliançou
Ao rubro do rubor do meu amor
O brilho do meu canto tem o tom
E a expressão da minha cor "vermelho"

Meu coração é vermelho
Ei, ei, ei
De vermelho vive o coração
Ê, ô, ê, ô
Tudo é garantido após a rosa avermelhar
Tudo é garantido após o sol vermelhecer

Vermelhou no curral
A ideologia do folclore avermelhou
Vermelhou a paixão
O fogo de artifício da vitória avermelhou

(Chico da Silva)



Mais palavras, para quê?.

O meu coração é Vermelho e Fraterno.

Que o veneno nunca conspurque os vossos corações.



Comentários Alternativos - Haloscan:

|


terça-feira, novembro 23, 2004

Aristóteles e a minha Avó

Aristóteles não foi
A casa de minha Avó
Mas o Neto aqui está
Escrevinhando e não só
Sem a Arte Peripoética
Que o grande Ary nos deixou
Ao Acaso vou escrevinhando
As Letras que aqui vos dou
De forma despreocupada
Vão brotando ocasionais
Palavras de circunstancia
Olhos cerrados, demais
Memórias da minha infância
De uma Avó desconhecida
A dois de Maio, partida
De que não senti o calor
A dois de Maio, outra Vida
Três anos após e aqui estou
Sessenta e um anos depois
Dizer-te de forma sentida
Que aquele que te abandonou
Um Cura de negra batina
Que por Acaso, meu Avô
Fugidio Desconhecido
Que tão cedo te olvidou
Deixando nos teus braços
Impotentes, minha Avó
A Filha de Amor errado
Que ao Acaso o Pai deixou
Abandonando, minha Mãe
Pelas veredas da Vida
E um voto de silêncio
A ti, Avó, te obrigou
Mas o teu Neto, aqui está
Para dizer com firmeza
Que Aristóteles não foi
Sentar-se à tua mesa



As minhas saudações ao autor do primoroso Blog LETRAS AO ACASO e o meu agradecimento público, por, através do seu texto: Sobre o Sono e o Pesadelo, ter-me motivado e inspirado a fazer este Poema.


Comentários Alternativos - Haloscan:

|


domingo, novembro 21, 2004

Escribir - Escrever

Confesso que tenho muitas ideias na mente. Dispersas pelos meus neurónios, mas a necessitarem com urgência de uma devida arrumação, porque elas surgem em catadupa até quase à exaustão. E o Eu, algures alojado no meu Sistema Nervoso Central, por vezes perde-se nos labirintos da mente .

Penso logo existo. E se existo devo pensar?. Caro Descartes , metestes-nos numa grande embrulhada....

Porque é que eu penso, que tenho de prosseguir caminhos iniciados e depois o meu Eu, não tem pachorra para tal, remetendo-os para aquilo que os nossos amigos da onça ingleses chamam de stand by ?.

Pois é, tenho coisas que devia continuar, mas isso obriga-me a socorrer daquilo a que os inteligentes chamam de pesquisa... E eles, os livros, estão mesmo aqui ao lado. Mas abri-los não me apetece. Então, toca a escrever um Poema inspirado por alguém. As palavras brotam num instante e tão rápido como acontecem, partilho-as convosco.

Antes de começar a escrever este texto, verifiquei que um "Bloguista" mexicano visitou o Fraternidade. Achei muito interessante o seu texto "Escribir" e daí a minha gratidão a este novo Amigo por ter-me retirado desta inacção "prosaica".

Peço desculpa por ainda não ter retomado os meus textos sobre os Caminhos Da Suástica. Eles, estando em "banho Maria", aguardam "ordens superiores" do meu Eu, para prosseguirem a sua missão. Penso (porque existo), que eles estão quase a iniciar a partida do meu Inconsciente para o pré-Consciente e, aí chegados, creio que será rápida a evolução para o meu Consciente e as palavras fluirão espontaneamente.

Até que isso aconteça, partilho convosco alguns Poemas "ao Acaso" (ou talvez não) e alguma prosa de intervenção, que porventura eu tenha necessidade de libertar da minha garganta.

Pelas razões atrás referidas, a minha periodicidade de inserção de textos, ultimamente, tem sido irregular. Tem-me dado para fazer algumas alterações na apresentação deste Blog. A propósito, gostava de saber a vossa opinião sobre elas.

Amigas e Amigos, muito obrigado por me aturarem e pelos vossos, sempre simpáticos e Fraternos comentários.

A LUTA CONTINUA!.


Comentários Alternativos - Haloscan:

|


quarta-feira, novembro 17, 2004

O Belo e o Phalo

Belo,

A imagem de corpos rolando

Na alcova, em noite fria

Fogo de Amor sublimando

Doces momentos de fantasia


Phalo,

Pleno de seiva brotando

Toda a paixão incontida

Fecunda teu Corpo, anelando

O fulgor de um Hino à Vida


Obrigado Cathy por me teres motivado a escrever este Poema.

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


sábado, novembro 13, 2004

Quatro Meses na Blogoesfera

Cento e vinte dias na Blogoesfera, mais coisa, menos coisa e aqui estou eu, apesar dos percalços provocados pela Netcabo, como já varias vezes vos falei, mas de que ainda não recuperei totalmente.

A média diária de visitantes, mantém-se. Não subiu nem desceu. O que quanto a mim não é mau, dado que estamos em pleno período Escolar e isso reflecte-se na falta de tempo para visitar ou colocar textos nos Blogs.

Quero pedir-lhes desculpa pela morosidade na inserção do próximo episódio da série

Caminhos Da Suástica.

As peripécias com a Netcabo, descontrolaram-me bastante os meus planos. Mas penso que a pouco e pouco, retomarei o ritmo normal da publicação de textos.

A todos os Amigos e Amigas, o meu Bem Hajam pelo apoio e incentivos manifestados.

As minhas habituais Fraternas Saudações para todos,



Comentários Alternativos - Haloscan:

|


quarta-feira, novembro 10, 2004

Mensagem do meu Gato

Olá, eu sou o Pipocas. Um gato negro, de olhos verdes.

Já tenho 13 anos. Estou a ficar velhinho, mas muito feliz, porque tenho mais 2 Amigos em Casa: A gata Farrusca e o cão Medroso. Damo-nos todos muito bem. Os três temos a mesma origem: A Rua.

Se não fossem os nossos donos, tínhamos tido uma Vida difícil. Mas vivemos rodeados de Amor e Carinho. Assim, sentimo-nos felizes, a nossa Vida é um mar de rosas.

Eu queria que os outros gatos e cães, que andam abandonados pelas ruas, sofrendo frio, fome e maus tratos, encontrassem famílias que os adoptassem e que os tratassem como os nossos donos nos tratam.

Muitas lambidelas e ronrons do,

Pipocas



Comentários Alternativos - Haloscan:

|


terça-feira, novembro 09, 2004

Quem Morre?

Morre lentamente
quem se transforma em escravo do hábito,
repetindo todos os dias os mesmos trajectos,
quem não muda de marca
não se arrisca a vestir uma nova cor
ou não conversa com quem não conhece

Morre lentamente
quem faz da televisão o seu guru.

Morre lentamente
quem evita uma paixão,
quem prefere o negro sobre o branco
e os pontos sobre os "is"
em detrimento de um redemoinho de emoções,
justamente as que resgatam o brilho dos olhos,
sorrisos dos bocejos,
corações aos tropeços e sentimentos.

Morre lentamente
quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,
quem não se permite pelo menos uma vez na vida,
fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente
quem não viaja,
quem não lê,
quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente
quem destroi o seu amor-próprio,
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente,
quem passa os dias queixando-se da sua má sorte
ou da chuva incessante.

Morre lentamente,
quem abandona um projecto antes de iniciá-lo,
não pergunta sobre um assunto que desconhece
ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves,
recordando sempre que estar vivo
exige um esforço muito maior
que o simples fato de respirar.

Somente a perseverança fará com que conquistemos
um estágio esplêndido de felicidade.

Pablo Neruda



Comentários Alternativos - Haloscan:

|


sábado, novembro 06, 2004

Procura-se um Amigo

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração.

Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir.

Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa.

Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor... Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo.

Deve guardar segredo sem se sacrificar.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão.

Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar.

Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa.

Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objectivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários.

Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.

Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo.

Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância.

Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade.
Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.
Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo.

Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.

Vinícius de Moraes



Enquanto não me recomponho dos suplícios infligidos pela Netcabo, deixo aqui um belo Poema do saudoso Vinícius.



Comentários Alternativos - Haloscan:

|


sexta-feira, novembro 05, 2004

Cá estou de novo!

Depois de dias de silêncio forçado e nervos arrasados por tudo o que foi dito nos textos anteriores, aqui estou eu de novo de volta para dialogar convosco.

Mas isto ainda não deve ficar por aqui. Pois esta quarta-feira, fui buscar um novo modem à loja de Lisboa, da TV Cabo, no Fórum Picoas, mas ele só ficou activado mais de 24 horas depois. Telefonemas e mais telefonemas, diagnósticos e mais diagnósticos, cada qual dizendo sua coisa.

E finalmente, quando o modem ficou activo, o monitor deu o "berro". Depois do liga, desliga, lá consegui coloca-lo a funcionar, mas deve ser "sol de pouca dura", daqui por uns dias lá terei que comprar outro.

Desde do passado dia 21, que ando nestas "andanças". Tive muita dificuldade em colocar, os dois textos anteriores e não conseguia aceder aos Blogs dos meus Amigos, salvo uma ou outra excepção.

Espero poder retomar a normal actividade do Fraternidade e visitar os vossos Blogs diariamente como o fazia antes.

Muito obrigado pelas vossas mensagens solidarias e um grande Abraço para todos.


Comentários Alternativos - Haloscan:

|


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

* Apelo para a Humanidade *

* Lista de Subscritores *



Contacta-me:
contacta-me
Fala comigo:
hotmail

Visitantes desde
13/07/2004:

web stats
Blogarama - The Blog Directory

Arquivos
  • Julho 2004
  • Agosto 2004
  • Setembro 2004
  • Outubro 2004
  • Novembro 2004
  • Dezembro 2004
  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006

  • Entradas Recentes
  • FERNANDO ...Uma homenagem No dia 24 de Junho, um ...
  • ... (continua) Colocado por Fernando B. 21.05.200...
  • Os três Pastorinhos (II)
  • Os três Pastorinhos (I)
  • Um ano e dez meses na Blogosfera
  • Eles lá sabem porquê…
  • Até sempre, Companheiro Vasco
  • VIVA O PRIMEIRO DE MAIO!
  • Olhar da Imprensa - 25 de Abril de 1974
  • E Depois do Adeus
  • Sugestão de Visitas

  • Notícias da Amadora
  • Voz das Beiras
  • Voz das Beiras - Blogs
  • Este Blog apoia esta campanha
  • Associação Animal
  • INTERVALO - GRUPO DE TEATRO
  • Os Sítios do Arco-da-Velha
  • PobrezaZero
  • Associação Gaita de Foles
  • Registe o seu e-mail para ser avisado
    dos mais recentes textos deste Blog



    powered by Bloglet


    Linkar este Blog?
    Fraternidade

    Se deseja linkar este blog com esta imagem por favor copie este código




    O meu Amigo muito especial


    Image hosted by Photobucket.com

    Também escrevo aqui:


    Redescobrir
    Joy Division

    15,00 Euros
    Para encomendar clica na imagem

  • Mundo Bizarro

  • Estúdio de Dança

  • Castelo de Thor
  • O Portal da História
  • Round Table
  • Cancro da Mama


  • Free Photo Albums from Bravenet.com
    Free Photo Albums from Bravenet.com

    Estou no Blog.com.pt

    Fases da Lua
     

    velocimetro


    More blogs about lusomerlin.blogspot.com

    eXTReMe Tracker

    Are you talkin' to me?

    BlogRating