Loreena McKennitt - Dante's Prayer

sexta-feira, dezembro 31, 2004

Solstício da Esperança


Nas derradeiras horas de 2004 não tenho a certeza do que hei-de escrever. Ainda que os meus neurónios em turbilhão me vão bichanando (dezenas, centenas, milhares?) de palavras expressivas do meu sentir, da minha revolta, da minha Esperança…

Este, não é um Blog eminentemente político no sentido estrito do termo. Mas também não é apolítico, porque eu, não direi que o ignoro, mas é um conceito que não se integra no meu Eu.

Eu, sempre fui interventivo e penso que o serei, até que as minhas faculdades mentais o permitam. Paguei o devido preço, bem jovem, da minha ousadia de Lutar contra aqueles que nos amordaçavam. Muitos outros pagaram um preço, muito mais elevado e doloroso do que eu. Foi um risco calculado, assumido, com a generosidade dos meus ideais de adolescente, que me têm acompanhado, muito embora, sem uma venda nos olhos.

Eis que chegado à fase Outonal da minha Vida, verifico, que a História, ciclicamente construída de avanços e recuos, está, uma vez mais numa grande encruzilhada.

A Liberdade do cidadão comum está ameaçada ou é posta em causa por esse Mundo fora, por um punhado de Hitlerzecos e seus acólitos, vestidos com outras roupagens ou… nem a esse trabalho se dão. E isto não são complexos de perseguição, é a triste realidade.

Há muita forma de preparar o caminho para o nazi fascismo e uma delas é o laxismo e a prostituição de valores praticados na nossa Sociedade.

Liberdade não se coaduna com libertinagem, porque esta é o avacalhamento daquele bem precioso a que todo o Ser humano tem direito.

Liberdade, Igualdade e Fraternidade, sim, mas para todos. Estes valores não são privilégio de um grupo de iluminados, que do alto dos seus templos os repartem pelas suas Irmandades.

Outra grande inimiga destes valores é a apatia e a indiferença. Todos devem, à sua maneira, participar activamente nos destinos da Humanidade.

Daí o meu apelo a uma utopia que poderia tornar-se uma realidade: O Solstício da Esperança.

Esperança que um novo dia há-de chegar, em que as bombas de napalm ou de qualquer outra substância serão banidas da face da Terra.

Esperança em que cada um seja recompensado pelas suas capacidades ou fraternalmente acolhido se o seu estado físico ou psíquico se encontrar debilitado.

Esperança de que acabarão todas as violências exercidas sobre crianças fragilizadas, praticadas por adultos com mentes devassadas pela luxúria mórbida.

Esperança pela Liberdade de escolha de cada um, sem atropelo do caminho dos outros.

Esperança de que a Paz é possível.

Não quero terminar este texto, sem expressar a minha veemente indignação sobre o que se está a passar nos meios de comunicação social e em especial, nas estações de televisão a propósito da calamidade que afectou alguns países do sudeste asiático.

Liberdade de informação, não é isto, senhores responsáveis dos meios de comunicação social. Não é só lamentável ou irresponsável o mau serviço que vocês estão a prestar. É cretinice, morbidez, falta de ética ou deontologia profissional.

Explorar com imagens e palavras, repetidas até à exaustão, durante dias seguidos, os dramas vividos por milhares de pessoas, não é informar, mas cometer um acto criminoso, atentatório da dignidade humana. Basta meus senhores.

Termino com um apelo à construção do nosso Solstício da Esperança!

Comentários Alternativos - Haloscan:

|


Comments:
Grande musica.
Ofeliazinha
 
muito bonito, Fernando.
Não ficar parado, indiferente, o embarcar no Solstício da Esperança. E acreditar no tal Homem Novo (não no sentido sebastiânico, mas naquele em que tu e eu um dia acreditámos)


Entretanto.... bora daí beber um copo connosco lá nos meus comentários
 
Estamos cá, Fernando. Para qualquer Solstício que acabe de vez com o que escravize, amordace e corrompa.

Um abraço que engloba essa Esperança.
 
Olá Fernando. Compreendo perfeitamente o seu poema do monstrengo, sou do tempo dele, e vi o bicho morder muitas vezes.
Quanto ao Solstício da Esperança, apelo à Liberdade, Igualdade e Fraternidade, fico um pouco apreensivo quanto ao eco que possa ter, quando os próprios autores deste maravilhoso trio de ideias,(a Revolução Francesa) foram os primeiros a fazê-lo cair no vácuo do esquecimento, ou pior ainda, em seu nome fizeram exactamente o contrário.
Mas vale sempre a pena continuar a apelar para estes princípos, a Esperança é última a morrer.
Quanto ao Outono da idade, pense que é quando certos frutos estão maduros e mais apetecíveis.
Um grande abraço e um óptimo Ano Novo. Augusto
 
Fernando! Um ANO NOVO MÁGICO. BJS
 
Fernando, deixo-te aqui o meu abraço e os desejos de um muito feliz ano novo.
 
Fernando, para ti e para os que te são queridos, desejo que 2005 seja um excelente ano. Um grande abraço.
 
Um abraço pelas palavras e um beijinho de Esperança para o Ano Novo.
 
Amigo Fernando. Há muito para mudar na forma de pensar das pessoas que conhecem o preço de tudo e o valor de nada. Não podemos desistir. Há que ir ávante com o muito querer. Que 2005 seja o início de melhores dias para os nossos semelhantes mais desprotegidos. Um abraço.
 
A amizade, o carinho, não se agradecem. Retribuem-se... em dobro!
Quero que sejas feliz!
 
Tá tudo aí...
Que se concretize... e rapidamente.
 
Tenhamos fé...embora, eu...nem sei!
 
Um feliz 2005 aqui para esta casinha.
Haja paz, amor, solidariedade entre os homens de boa-vontade.
Tudo de BOM para ti.

Um abração do
Zecatelhado
 
Feliz 2005!
Passear-me por este blog durante algumas horas tem sido uma delicia que não conseguirei traduzir por palavras...
Direi apenas e deixo um repto...falta muito para irmos TODOS para a rua de novo??
Se fiz um 25 "orgulhosamente grávida" ...por que não fazer outro com a minha neta pela mão? :)
Caro Fernando, tem der boa pessoa (o meu Pai tb era Fernando), vamos lá lutar pelo Solstício da Esperança e passar à acção...por Portugal...pela Humanidade!
Gostei muito de passar por aqui!
Um beijo
Rio-Azul
:)
 
Tomo parte junto a ti e a muitos, certamente, no Solsticio da esperança!!
E mais que lamentar pela tragédia ocorrida na ásia é lutar pela vida de muitos sobreviventes que estão numa situação térrível!
beijos grandes para ti!
 
Há qualquer coisa de interminavel masoquismo na forma de contar aquela desgraça, sem dúvida...
Bom 2005 e saúde.
 
Gostei do teu texto, Fernando! Porque é positivo e interventivo. Mesmo parecendo um pouco utópico acho que só pela esperança podemos, de facto, mudar alguma coisa. Bjs
 
Olá Fernando! Um texto que nos obriga a encararmo-nos e a perguntar "... e daqui, para onde vamos?".
Esperança, sim! Um solstício da esperança - lá estarei!
Abraço,
Ana Maria
 
Desejo de um ano de 2005 muito feliz, que a fraternidade a paz e o amor envolvam os teus dias...
Beijos
http://cumplicidadespartilhadas.weblog.com.pt
 
um saudável optimismo é sempre um sinal de Esperança!
foi bom vir aqui! voltarei mais vezes...

DonBadalo
 
Tal como diz Gedeão o sonho é uma constante da vida. Também o é a esperança. Embora renitente, acredito que as coisas possam mudar. Todos os dias o tento na minha pequenez.
Beijo, Fernando, e um bom 2005.
 
Eu considerava a política um assunto distante, até ler sobre a história política de uma forma desapaixonada. Entendi que precisava pensar mais sobre o assunto.
Beijos.
Cathy - bailardasletras
 
Já somos dois a apelar ao Solstício da Esperança. O meu sonho é sermos cada vez mais e mais, e mais...
Um bom 2005. Beijinho
 
parabéns pela música escolhida, fernando! um grande poema do Gedeão.
 
Ainda não tinha comentado este teu texto com o qual concordo plenamente.
Hoje, dia 4 de Janeiro as televisões continuam a mostrar-nos as mesmas imagens de ha 6 dias. A morte, a desgraça, o medo, é o que vende.
Vamos mudar tudo, Fernando?
Com um Solstício de Esperança?
Beijo Fraterno.
Eles não sabem nem sonham que o sonho comanda a vida...
 
Olá Fernando;
Por vezes vejo-me Grega para comentar aqui, aleluia, hoje consegui, dpois de várias tentativas.
Espero que as Festas tenham corrido bem e desejo-te um Ano repleto de coisas boas.
Concordo plenamente com o teu texto, informar não pode nem deve ser um oportunismo grosseiro de guerras de audiências, nem pode ser viver à custa da dor dos outros.
Um beijo da Mar Revolto
 
Só para concordar e dizer que: "dos fracos não reza a história", nem dos que desistem. Perante as falhas, os erros, temos que aprender, corrigir e ir em frente. A democracia só o será, se for participada pela maioria dos cidadãos! Soluções (quem as conheça e aplique) há sempre; mas nada substitui o controlo dos cidadãos. Aí é que está o cerne da questão, quanto a mim.
Estamos fartos de desculpas e de democracia da treta, que mais parece bandalheira. Ninguém quer democracia, se, com ela, for imposta a miséria. Isso não é democracia, mas é "nisso" que temos vivido, é isso que se perspectiva, mais uma vez, porque os nossos políticosprezam, acima de tudo, respeitar os com padrios e "interesses" instalados.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

* Apelo para a Humanidade *

* Lista de Subscritores *



Contacta-me:
contacta-me
Fala comigo:
hotmail

Visitantes desde
13/07/2004:

web stats
Blogarama - The Blog Directory

Arquivos
  • Julho 2004
  • Agosto 2004
  • Setembro 2004
  • Outubro 2004
  • Novembro 2004
  • Dezembro 2004
  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Dezembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Março 2006
  • Abril 2006
  • Maio 2006
  • Junho 2006

  • Entradas Recentes
  • O MOSTRENGO DE SANTA COMBA
  • Às Crianças do Meu País
  • O Milagre de Ann Sullivan
  • Amor e Raiva
  • Cinco Meses na Blogoesfera
  • Negro e Vermelho
  • Mulher sempre Menina
  • Papel Principal
  • A Incógnita
  • Cântico Final
  • Sugestão de Visitas

  • Notícias da Amadora
  • Voz das Beiras
  • Voz das Beiras - Blogs
  • Este Blog apoia esta campanha
  • Associação Animal
  • INTERVALO - GRUPO DE TEATRO
  • Os Sítios do Arco-da-Velha
  • PobrezaZero
  • Associação Gaita de Foles
  • Registe o seu e-mail para ser avisado
    dos mais recentes textos deste Blog



    powered by Bloglet


    Linkar este Blog?
    Fraternidade

    Se deseja linkar este blog com esta imagem por favor copie este código




    O meu Amigo muito especial


    Image hosted by Photobucket.com

    Também escrevo aqui:


    Redescobrir
    Joy Division

    15,00 Euros
    Para encomendar clica na imagem

  • Mundo Bizarro

  • Estúdio de Dança

  • Castelo de Thor
  • O Portal da História
  • Round Table
  • Cancro da Mama


  • Free Photo Albums from Bravenet.com
    Free Photo Albums from Bravenet.com

    Estou no Blog.com.pt

    Fases da Lua
     

    velocimetro


    More blogs about lusomerlin.blogspot.com

    eXTReMe Tracker

    Are you talkin' to me?

    BlogRating